Description

“O Engenheiro portuguez: dividido em dous tratados”.
Fortes, Manuel de Azevedo (1660-1749)

Direcção da Arma de Engenharia, Lisboa, 1993
2 tomos. Edição Fac-simile. In 4.º de 21 x 15 4,2 cm. Com
[Vol 1]: (lxiv) – 537 [aliás 533] – (3 brancas) – 12 estampas desdobráveis.
[Vol 2]: (xvi) – 492 [aliás 494] – (2 brancas) – 22 estampas desdobráveis.
Tiragem de 1000 exemplares
Obra em estado impecável. Quase novos os livros

 

Tomo primeyro [-segundo]… obra moderna, e de grande utilidade para os engenheiros, e mais officiaes militares / composta por Manoel de Azevedo Fortes, Academico da Academia Real da Historia Portugueza…. – Lisboa Occidental: na Officina de Manoel Fernandes da Costa, Impressor do Santo Officio, 1728-1729. – 2 vol.: il., grav.; 4º (21 cm)

TOMO PRIMEYRO, QUE COMPREHENDE A GEOMETRIA PRATICA sobre o papel, e sobre o terreno: o uso dos instrumentos mais necessarios aos Engenheiros: o modo de desenhar, e dar aguadas nas plantas Militares e no Apendice a Trignometria rectilínea.
O primeiro tomo ilustrado em anterrosto com uma gravura de página inteira representando o retrato do autor assinado «Quillard pinxit de Rochefort Sculp 1729» e 12 estampas com instrumentos e plantas de praças-fortes desenhadas por Paulo Farinha Lopes e abertas por Rochefort abridor do rei e da Academia Real.

TOMO SEGUNDO, QUE COMPREHENDE A FORTIFICAÇAÕ regular, e irregular: o ataque, e defensa das Praças e no Appendice o uso das Amas de guerra.
O segundo tomo ilustrado em anterrosto com uma gravura de página inteira representando a cidade de Albuquerque ao fundo e em primeiro plano os Generais P. Carle, o Conde das Galveias e o Conde de Vila Verde, assinada «de Rochefort fecit 1729» e 22 estampas com canhões e plantas de praças-fortes, desenhadas por Paulo Farinha Lopes e abertas por Rochefort abridor do rei e da Academia Real.

OBRA MODERNA, E DE GRANDE UTILIDADE para os Engenheiros, e mais officiaes Militares: tirada dos mais celebres Authores, e dos Diários das ultimas guerras da Europa. Composta Por MANOEL DE AZEVEDO FORTES. LISBOA OCIDENTAL: Na Officina de MANOEL FERNANDES DA COSTA.
M. DCCXXVIII.-M. DCCXXIX. (1728-1729)

“MANUEL DE AZEVEDO FORTES, Cavalleiro da Ordem de Christo, Sargento mór de batalha, e Engenheiro mór do reino Academico da Academia Real de Historia, etc. – N. em Lisboa no anno de 1660 e fez os seus estudos nas Universidades de Hespanha e França, onde adquiriu amplos conhecimentos não só nas sciencias exactas e naturaes, mas até na theologia. M. a 28 de Março de 1749.
[…] Obra magistral, bem escripta e coordenada, e que formava um tractado de fortificação e de ataque e defensa de praças, tão completo como os melhores que até áquelle tempo se haviam publicado nos paizes mais cultos da Europa. Estes livros, juntamente com a Logica racional, serviram por muitos annos de instrucção e premio aos discipulos que mais se distinguiam na eschola militar da engenharia: e essa circumstancia serve para explicar o motivo de apparecerem ainda muitos exemplares enquadernados com apuro notavel, e até as vezes com luxo.”

Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “O Engenheiro Português | The Portuguese Engineer (2 vols)”

Your email address will not be published. Required fields are marked *